Como Recuperar o Recibo de entrega do IRPF

Ao finalizar a Declaração do IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física, todos os contribuintes recebem, automaticamente, uma numeração (sequência de 12 dígitos), que possibilita o acompanhamento do processo de tal Declaração, via Internet, e/ou para retificar o documento enviado à Receita Federal. Confira como recuperar o Recibo IRPF 2021.

É através desta numeração, também, que facilmente torna-se possível identificar a Declaração do IRPF, porém, vale destacar, que sua apresentação não é compulsória para realizar e enviar a Declaração do ano seguinte.

Recuperar Recibo IRPF 2019
Recuperar Recibo IRPF 2021

Onde Encontrar e Recuperar Recibo IRPF

Caso haja necessidade de recuperar o Recibo da Declaração do IRPF, a maneira mais fácil e rápida de fazê-lo é através do e-CAC – website, equivalente a qualquer outro de acesso via Internet.

Para realizar este processo:

Para aqueles que possuem o Certificado Digital (CPF eletrônico) podem encontrar o Recibo do IRPF, acessando, diretamente, os sistemas da Receita Federal.

Agora, para quem não dispõe de cadastro no e-CAC e nem mesmo o CPF Digital, deverá, obrigatoriamente, buscar um dos Postos da Receita Federal para realizar o procedimento de recuperar Recibo IRPF 2021.


Como Consultar o Extrato do IRPF

É necessário somente seguir os passos indicados abaixo, para consultar o seu Extrato do IRPF:

  • Realizar acesso ao Portal da Receita Federal, acima citado http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/atendimento-virtual;
  • Em caso de possuir Certificado Digital, opte em clicar no botão “Acessar”. Caso ainda não o possua, efetue o processo de gerá-lo, clicando na opção “Gerar Código de acesso”;
  • Após ter em mãos, o código de acesso, entre no site  https://cav.receita.fazenda.gov.br/autenticacao/login/index
  • Efetue o preenchimento de seu CPF, código de acesso e senha e avance
  • Ao acessar o portal, clique em “Declarações e Demonstrativos”;
  • Clique na opção “Extrato do processamento da DIRPF”;
  • Selecione o ano da Declaração que deseja consultar (neste caso 2021);
  • Pressione a tecla de opção “Extrato”;
  • Agora, basta visualizar e imprimir o Extrato IRPF 2021.


Quais documentos devem ser guardados

A recomendação da Receita Federal, é que, pelo mínimo de cinco anos (considerando-se que este é o prazo limite para que o contribuinte faça, em caso de necessidade, eventuais retificações).

É recomendável guardar os seguintes documentos relacionados a Declaração do IRPF. São eles:

  • Informes de rendimento;
  • Cópias dos arquivos enviados à Receita Federal e;
  • Demais documentos que façam referência às despesas declaradas.

Se houver necessidade, esses documentos serão utilizados para efetuar justificativa de abatimentos, como, por exemplo, gastos com saúde e educação.

O arquivamento de tais documentações é de fundamental importância, em especial, em casos em que o contribuinte caia na chamada “Malha Fina” e/ou tenha que justificar à Receita Federal qualquer informação declarada que haja necessidade de esclarecimento ou comprovação.

Como recuperar a Declaração do Imposto de Renda

Há três opções disponíveis para executar a recuperação do IRPF: via online, presencial ou através do uso de Programa da própria Receita Federal.

Via online:

  • Acessar o e-CAC;
  • Neste Sistema, estão guardadas a segunda via da declaração de imposto de renda de todos os contribuintes;
  • Acesse via código de acesso e/ou Certificado Digital;
  • Ao entrar no sistema, busque pela opção: segunda via do Imposto de Renda e efetue o resgate do documento.

Presencial:

  • É indispensável agendar online, o atendimento, nos Postos a Receita Federal;
  • No dia e horário agendados, leve RG com foto, para checagem de assinatura;
  • Efetue a solicitação da segunda via do Imposto de Renda e efetue o resgate do documento.
Receita Federal 2019
Receita Federal 2021

Através do uso de Programa da própria Receita Federal:

  • Caso tenha efetuado a Declaração do IRPF por computador, é preciso verificar se o Programa da Receita Federal está salvo;
  • Ao encontrá-lo, é necessário, ainda, tentar procurar o arquivo, em caso de ter sido salvo. Para tal procedimento, dê um comando de localizar arquivo e digite seu CPF, sem pontos ou traços;
  • Se localizar o arquivo, selecione a opção “Declaração” e em seguida “Imprimir”.